Mensagem do CEO da Merck Foundation, Senadora Rasha Kelej sobre a parceria de sucesso com a Primeira Dama do Botswana que abriu oportunidades de treinamento especializado para 35 médicos locais; fortalecimento da capacidade de saúde e resposta à COVID 19 no país

image

View English | French Version
 

Tenho orgulho e prazer em trabalhar em estreita colaboração com a Primeira Dama do Botswana, S. Excia Sra. NEO JANE MASISI, nossa parceira de longo prazo, para promover a capacidade de saúde e melhorar o acesso a soluções de saúde equitativas e de qualidade, o que se provou ser muito crítico para Botswana e África, principalmente durante este período difícil da pandemia COVID -19.

Em resposta à pandemia do Coronavírus, junto com a Primeira Dama do Botswana e o Ministério da Saúde, a Fundação Merck adoptou uma estratégia de educação médica online, fornecendo a 35 médicos locais um diploma online de um ano e um mestrado online de dois anos em  muitas especialidades como Medicinas Respiratória e  Aguda, Diabetes, Cardiologia, Endocrinologia e Medicinas Sexual e Reprodutiva.

Tenho o prazer de anunciar o sucesso do nosso primeiro projecto piloto do Programa de Pontos Azuis da Fundação Merck, que foi introduzido com o objectivo de melhorar o acesso a cuidados de diabetes equitativos e de qualidade em todo o país, fornecendo um Diploma de Pós-Graduação online de um ano sobre o Tratamento de Diabetes da  University of South Wales.  7 médicos de diferentes distritos já foram formados no Diploma de Diabetes de um ano, dos quais 2 candidatos foram matriculados no curso de mestrado de um ano.  Além disso, 9 candidatos foram inscritos no curso de Mestrado online em Diabetes acreditado pela Diabetes UK.  Esses médicos poderão criar clínicas de diabetes nos seus Centros de Saúde ou Hospitais com o objectivo de ajudar a prevenir e controlar a doença nas suas respectivas comunidades.

 

Watch The First Lady of Botswana, H. E. NEO JANE MASISI in conversation at Merck Foundation First Ladies - VC Summit 2020

 

Considerando o número limitado de ginecologistas no Botswana, juntos, matriculamos 7 médicos no Diploma de Pós-Graduação Online de Um Ano e no mestrado de dois anos em Medicina Sexual e Reprodutiva da University of South Wales, no Reino Unido.  Este programa irá melhorar significativamente a saúde das mulheres, em particular, a saúde reprodutiva no Botswana.

Além disso, 2 médicos foram inscritos neste ano no Diploma de Pós-Graduação Online de Um Ano em Endocrinologia e Medicinas Cardiovascular e Preventiva, enquanto 6 médicos foram matriculados no Diploma de Pós-Graduação Online de Um Ano em Medicinas Respiratórias e Diploma de Pós-Graduação Online de Um Ano em Medicina Aguda com o objectivo de aprimorar as suas habilidades para melhor tratamento de pacientes com coronavírus e de grupos de risco no país.

 A pandemia COVID 19 destacou a importância de investir na melhoria do acesso a cuidados de saúde equitativos e de qualidade, que é a estratégia da Fundação Merck desde 2012, mesmo antes do início da pandemia.  Na Fundação Merck, temos o compromisso de inscrever mais médicos para esses cursos, a fim de construir uma plataforma de especialistas médicos em comunidades carentes.  Acreditamos que esses cursos online são a estratégia certa para ampliar os nossos esforços para melhorar o acesso a soluções de saúde de qualidade de forma ampla e eficaz, principalmente durante o bloqueio por Coronavírus.

Estou ansiosa de continuar a nossa parceria de longo prazo e continuar a fornecer treinamento médico a médicos do Botswana em várias especialidades com o objectivo de construir um exército médico forte em toda a África e no Sul do globo.

 Juntos, podemos levar a África a um futuro melhor.

 Atenciosamente,


 Dra. Rasha Kelej
CEO da Fundação Merck Presidente da Merck Mais do Que uma Mãe
Uma das 100 africanas mais influentes (2019 e 2020)

 

 

 

Follow On


 @Kelej Rasha

Rasha Kelej  

 @Rasha Kelej


@Rasha Kelej